Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

terça-feira, 5 de julho de 2011

Preso é detido tentando escapar dentro de uma mala! Abaixo: Você já ouviu falar no "SEXUNAMBULISMO"?

Bizarrice 1

Um homem tentou escapar da prisão dentro de uma mala de viagem na cidade mexicana de Chetumal nesta segunda-feira, informaram as autoridades policiais. De acordo com Gerardo Campos, porta-voz da polícia do Estado de Quintana Roo, a mulher que havia terminado uma visita conjugal parecia muito nervosa ao puxar a valise com rodinhas que aparentava estar "muito cheia".


Policiais mexicanos da cidade de Chetumal encontraram o presidiário Juan Ramirez Tijerina dentro de uma mala
Policiais mexicanos da cidade de Chetumal encontraram o presidiário Juan Ramirez Tijerina dentro de uma mala

Ao abordar Maria del Mar Arjona, de 19 anos, e abrir a mala, os policiais encontraram o presidiário Juan Ramirez Tijerina na posição fetal. Ele cumpre sentença de 20 anos por posse ilegal de armas.


Bizarrice 2

Um britânico acusado de ter estuprado uma adolescente foi absolvido nesta segunda-feira (4) por sofrer "sexonambulismo", um mal em que uma pessoa mantém relações sexuais enquanto dorme e no dia seguinte não se lembra de nada. Um tribunal de Swansea, no País de Gales, liberou Stephen Lee Davies, de 43 anos, que alegou que não consegue conter seu ímpeto sexual quando está dormido. Convocadas para testemunhar, sua esposa e uma conhecida confirmaram que Stephen Lee Davies mantinha relações sexuais com elas sem estar consciente e que acorda no da seguinte sem lembrar de nada, declararam.

LinkO homem era acusado de ter estuprado uma adolescente de 16 anos que a família hospedou por uma noite, em setembro de 2009. No dia seguinte ao estupro, Davies se surpreendeu ao ver que a jovem tinha fugido da casa, e enviou mensagens preguntando se estava tudo bem. O doutor Chris Idzikowski, especialista da Escola do Sonho de Edimburgo (Escócia), explicou que o "sexonambulismo" é semelhante ao sonambulismo e que aqueles que sofrem desse mal não têm "consciência alguma" do que fazem.
Será?...

Fontes: Folha, JC / Fatos em foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário