Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Patricinhas invadem favela carioca

Festas na primeira comunidade a receber uma Unidade de Polícia Pacificadora atraem a elite jovem do Rio de Janeiro

Priscila Bessa, iG Rio | 05/08/2011 14:54 - Atualizada às 17:21

Desde dezembro de 2008 a favela Santa Marta, localizada no morro Dona Marta, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, experimenta uma realidade diferente. Com a instalação da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), traficantes foram expulsos e levaram com eles a violência tão comum na região em anos anteriores. A fuga abriu caminho para os “moradores do asfalto”, que passaram a se aventurar com mais tranqüilidade pelas estreitas ruas da comunidade.
As incursões da classe média, no entanto, eram esporádicas até que, em setembro de 2010, o bloco de carnaval Spanta Neném, que mantém uma escola de música na comunidade, mudou a história. “Surgiu a ideia de criar o Morro de Alegria, uma festa que levasse os frequentadores do bloco na zona sul a subir a favela e conhecer o Santa Marta”, conta Francisco Nogueira, coordenador de produção do Spanta. O evento agora atinge seu auge.


Foto: George Magaraia/ iG Rio Ampliar
Cariocas chegam ao evento no início da tarde, todas usando sapatilha

Leia também--> FONTE: http://delas.ig.com.br/comportamento/favela+santa+marta+vira+reduto+da+elite+carioca/n1597119476880.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário