Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

FORÇA DE PACIFICAÇÃO CONTINUA NO COMPLEXO DO ALEMÃO

Permanência da Força de Pacificação no Alemão e na Penha é prorrogada

Rio - A permanência da Força de Pacificação nos complexos do Alemão e da Penha, na Zona Norte da cidade, foi prorrogada até junho de 2012. O novo acordo de organização e emprego da tropa da paz firmado entre o Governo do Estado, o Ministério da Defesa e o Exército foi assinado nesta segunda-feira, na base instalada em Bonsucesso.
Durante a cerimônia, o governador Sérgio Cabral anunciou que as comunidades da Mangueira e do Tuiuti, também na Zona Norte, receberão em novembro a 18ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). A base administrativa foi montada no Parque Candelária, próximo à Quinta da Boa Vista, até que a sede definitiva seja construída no Morro do Telégrafo. Outras quatro bases, duas na comunidade do Tuiuti e mais duas no Buraco Quente, também estão sendo instaladas.
Foto: Divulgação
Sérgio Cabral e o ministro da Defesa, Celso Amorim, assinam Ato de Prorrogação de Permanência da Força de Pacificação | Foto: Shana Reis / Divulgação
"É muito bom poder contar mais uma vez com o Exército nesse processo de continuação de instalação de UPPs. Essa extensão de convênio significa que vamos poder implantar a unidade da Mangueira no mês de novembro, agir em outras comunidades, formar novos quadros de profissionais e dar prosseguimento a nossa política de paz. Assumir em junho os complexos do Alemão e da Penha nos dará fôlego e ajudará a antecipar os calendários de projetos do governo", afirmou Cabral, que confirmou o reforço de sete mil novos policiais no patrulhamento ostensivo do Rio de Janeiro em 2012.
A Secretaria de Segurança planeja implantar, a partir de março, oito Unidades de Polícia Pacificadora nos complexos do Alemão e da Penha, quatro em cada comunidade. Mais de 2 mil policiais estão sendo preparados pela Academia de Formação de Praças, em Sulacap, para trabalhar nas unidades. As UPPs ganharão ainda uma sede padronizada de acordo com o projeto criado pelo Governo do Rio de Janeiro.
Força de Pacificação renova tropa em 11 de novembro
A Força de Pacificação conta com cerca de 1.600 militares e mais de 200 policiais militares e civis, distribuídos em duas bases. Desde sua instalação nas comunidades, em 23 de dezembro de 2010, a tropa teve o comando renovado quatro vezes. A primeira foi a Brigada Paraquedista, depois a 9ª Brigada de Infantaria Motorizada e, a seguir, a 11ª Brigada de Infantaria Leve. Em agosto, a 9ª Brigada voltou a compor a força-tarefa. A 4ª Brigada de Infantaria Motorizada assume o comando da tropa da paz no próximo dia 11.
"É um prazer contribuir com a pacificação em uma área vital do Rio de Janeiro, como a região do conjunto de comunidades do Alemão. Vamos continuar a apoiar o serviço de segurança do Estado do Rio, colaborar para que essa transição aconteça com sucesso. O apoio da população na pacificação das comunidades tem sido essencial para motivar a nossa tropa da paz", disse o ministro da Defesa, Celso Amorim.
O secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, a chefe de Polícia Civil, Martha Rocha, e o comandante do Comando Militar do Leste, general de Exército, Adriano Pereira Júnior, também participaram da cerimônia.
FONTE: http://odia.ig.com.br/portal/rio/html/2011/10/permanencia_da_forca_de_pacificacao_no_alemao_e_na_penha_e_prorrogada_201374.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário