Rio -  Após inaugurar a sede administrativa da Unidade de Polícia Pacificadora da Fazendinha, o governador Sérgio Cabral; o vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Pezão; o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Erir Ribeiro Costa Filho, e o chefe da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), coronel Rogério Seabra, visitaram as instalações da sede Nova Brasília. O prédio, de três andares, fica ao lado da Estação Itararé e servirá de base para 340 policiais que fazem o policiamento ostensivo da comunidade.
Exército encerra a permanência no Conjunto de Favelas do Alemão e da Penha, na Zona Norte do Rio | Foto: Severino Silva / Agência O Dia
Exército encerra a permanência no Conjunto de Favelas do Alemão e da Penha, na Zona Norte do Rio | Foto: Severino Silva / Agência O Dia
Antes da cerimônia, o general do Exército Adriano Pereira, Comandante Militar do Leste, disse que o maior legado do trabalho da corporação no Complexo do alemão é dar segurança aos moradores sem efeitos colaterais.

"Nossa gratificação é saber que 280 mil pessoas voltaram a ter uma vida digna. Quando caminho por aqui, a população me vê e fala comigo para agradecer o trabalho que fizemos desde novembro de 2010 até agora", falou o general, lembrando que, em 2011, todas as escolas da região já funcionavam normalmente e os
moradores já podiam ir e vir mais tranquilos.

Morador
da comunidade há 30 anos, Francisco de Sousa, 56, afirma que se sente mais tranquilo com a instalação da UPP. "Passamos anos sem a presença da polícia, mas agora que ela chegou está valendo muito a pena. Não digo nem por mim, mas pelos meus filhos e netos que moram aqui, que vão poder viver em segurança", disse.

O conteiner instalado em abril será usado provisoriamente como sede dos projetos sociais. No local, os moradores podem se inscrever em aulas de ginástica para a terceira idade, futsal, capoeira, boxe e muay-thai.


"Através do esporte, é mais
fácil passar para as pessoas a noção de cidadania e preservação do meio ambiente. Mas estamos buscando patrocínio e pedimos doações de material para ampliar as modalidade. Também quero implementar um curso prévestibular, em que os policiais possam dar aulas voluntariamente nos dias de folga", adiantou a soldado Lídia Viana, responsável pelos projetos sociais da UPP Nova Brasília.

FONTE:  http://odia.ig.com.br/portal/rio/governo-do-estado-inaugura-sede-de-upp-no-complexo-do-alem%C3%A3o-1.460744