Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

De luto, Índia cancela festas de fim de ano





Em Nova Délhi, estudantes seguram velas, enquanto rezam durante uma vigília em homenagem a vítima de estupro morta na última sexta-feira, em decorrência de ferimentos provocados pelos agressores
Foto: AMIT DAVE / REUTERS


Em Nova Délhi, estudantes seguram velas, enquanto rezam durante uma vigília em homenagem a vítima de estupro morta na última sexta-feira, em decorrência de ferimentos provocados pelos agressores AMIT DAVE / REUTERS
NOVA DÉLHI - As forças armadas da Índia cancelaram as festas de réveillon desta segunda-feira, refletindo o clima sombrio que tomou conta do país após o estupro e o assassinato de uma estudante de medicina, o que provocou uma enorme onda de protestos pelo país. Além de manifestações, o ataque gerou um debate nacional que revelou profundas fissuras na sociedade indiana, na qual o ponto de vista extremamente patriarcal sobre as mulheres se choca contra a crescente modernização cultural urbana.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/mundo/de-luto-india-cancela-festas-de-fim-de-ano-7168079#ixzz2Gvczk06w
© 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
FONTE: Luto Índia cancela festas
----------------------------------------------------------------------------------------------------

É, aqui no Brasil nem pensar em cancelar tais festas. Roubaleiras, injustiças, assassinatos, miséria... Só tragédias, mas é como a maioria da população diz: No final tudo acaba em samba. Que venha o carnaval, como milhoes de reais em patrocínio para as escolas de samba. E o povo que está sofrendo com as tragédias das chuvas de Janeiro, que se dane para muitos governantes. Mas cada povo tem o governante que escolhe. QUE DEUS TENHA MISERICÓDIA DO POVO BRASILEIRO.
POR ISO

Nenhum comentário:

Postar um comentário