Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

segunda-feira, 16 de março de 2015

Bala perdida mata deficiente visual

Bala perdida mata deficiente visual

Mulher de 63 anos foi ferida na porta de casa, em Del Castilho

DIEGO VALDEVINO
Rio - Uma deficiente visual de 63 anos morreu na noite deste domingo, após ser atingida no tórax por bala perdida, em Del Castilho, na Zona Norte. Maria Helena dos Santos estava na porta de casa, sentada numa cadeira de praia, numa calçada da Rua Genésio de Barros, quando foi ferida, por volta das 19h10. A via fica perto da Favela Bandeira 2.
Nora de Maria Helena, Rafaela Maia parece não acreditar na notícia sobre a morte, no Salgado Filho
Foto:  Bruno de Lima / Agência O Dia
“Como é que pode minha mãe, sem enxergar nada, ser atingida por um tiro na porta de casa?”, indagou o filho dela, que se identificou apenas como Junior, na porta do Hospital Salgado Filho, no Méier, para onde ela foi levada em busca de atendimento.
Horas antes, por volta das 16h30, um menino de 10 anos também foi vítima de bala perdida, no Engenho da Rainha. Gabriel Nascimento Pereira estava na laje de casa, na Rua Luís de Castro, soltando pipa, quando foi atingido no abdômen. Até as 22h de ontem, ele passava por cirurgia no Salgado Filho e seu estado de saúde era considerado gravíssimo, segundo médicos.
“Carreguei nos braços meu filho todo ensanguentado. Ver um filho baleado é a pior sensação que pode existir na vida”, disse o lancheiro Valdir Nascimento, de 43 anos.
De acordo com informações do comandante do 3º BPM (Méier), tenente-coronel Walter Silva Júnior, não havia operação policial no Morro do Engenho da Rainha, informação confirmada pelo pai de Gabriel.
FONTE: http://riodejaneiro.ig.com.br/?url_layer=http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2015-03-15/bala-perdida-mata-deficiente-visual.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário