Brasil: Isto é quanto o brasileiro já pagou de tributos de 01/01/2015 até 20/03/2015

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Proposta da bancada trabalhista entrará em pauta nesta quarta-feira pelo Conselho do FAT; chance de aval é remota


Proposta da bancada trabalhista entrará em pauta nesta quarta-feira pelo Conselho do FAT; chance de aval é remota

A área econômica do governo Dilma Rousseff (PT) não aceita mudar o calendário do abono salarial do PIS/Pasep para que todos os beneficiários possam receber ainda em 2015, segundo o iG apurou.
O recado será passado nesta quarta-feira (26) ao integrantes do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), em reunião para discutir as possibilidades de alteração no cronograma, que adiou para 2016 a liberação dos pagamentos a cerca de metade dos trabalhadores.
Divulgação/CUT
"Tentamos falar com o governo mas eles não apresentaram nada", diz Severo, da CUT
Desde 2000, o saque do abono é liberado a todos os beneficiários no segundo semestre de cada ano. Desta vez, entretanto, os trabalhadores da iniciativa privada que fazem aniversário de janeiro a junho e os servidores com inscrição no Pasep de final 5 a 9 só poderão sacar em 2016.
A bancada trabalhista, entretanto, pressiona pela revisão do calendário, e havia conseguido um compromisso do governo de estudar a proposta até esta quarta-feira. O resultado, entretanto, será frustante para os sindicalistas.
Para fazer a liberação total de 2015, o governo argumenta que teria de colocar R$ 9 bilhões no FAT. Os ministérios do Planejamento e da Fazenda – esse último, com assento no Codefat – , sinalizaram que falta recurso para fazer a injeção, segundo uma fonte do governo petista, que pediu anonimato por não estar autorizada a falar sobre o assunto.
"Estamos tentando falar com o governo, mas ele não apresentara nada. Cobramos o Ministério do Trabalho [que preside o Codefat] e não obtivemos retorno", disse o representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no conselho, Quintino Severo, no início da tarde desta terça-feira (25). "Dissemos que queremos não só olhar 2015, mas também 2016 e 2017. Não dá para dar um golpe de novo e transferir parte dos pagamentos [de 2017] para 2018."
Procurados, os ministérios do Trabalho, da Fazenda e do Planejamento não comentaram o assunto.
Proposta empresarial poderá ser discutida
Além da proposta de pagamento total em 2015, o Codefat deve discutir nesta quarta-feira (26) uma proposta de concentrar a liberção pagamentos de 2016 em janeiro ou, no máximo, em fevereiro, e não estendê-la até março, como prevê o calendário atual.
A proposta, conforme o iG adiantou, surgiu entre representantes dos empresários no Codefat, mas não encontra apoio unânime entre os patrões. O argumento é que a liberação dos R$ 9 bilhões servirá de estímulo à economia brasileira sem significar um custo adicional para a iniciativa privada, já que os empregadores fizeram os recolhimentos ao FAT.
Confira o calendário de pagamento do abono do PIS/PASEP 2015
PIS - Pago pelas agências da Caixa Econômica Federal
Nascidos emRecebem a partir deRecebem até
Julho22/07/201530/06/2016
Agosto20/08/2015
30/06/2016
Publicidade
Setembro17/09/201530/06/2016
Outubro15/10/201530/06/2016
Novembro19/11/201530/06/2016
Dezembro17/12/201530/06/2016
Janeiro14/01/201630/06/2016
Fevereiro14/01/201530/06/2016
Março16/02/2016
30/06/2016
Abril16/02/2016
30/06/2016
Maio17/03/2016
30/06/2016
Junho17/03/2016
30/06/2016
PASEP - Pago pelas agências do Banco do Brasil
Final da inscriçãoRecebem a partir deRecebematé
022/07/201530/06/2016
120/08/201530/06/2016
217/09/201530/06/2016
315/10/201530/06/2016
419/11/201530/06/2016
514/01/201630/06/2016
6 e 716/02/201630/06/2016
8 e 917/03/20630/06/2016

    Leia tudo sobre: abono salarial • pis pasep

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário